19, Dezembro | 2023  

Analistas-Tributários da Receita Federal atuaram nesta terça-feira (19/12), em conjunto com a Polícia Federal na operação Dirty Steam para desarticular um esquema criminoso de contrabando de cigarros eletrônicos comercializados ilegalmente no município de Joinville/SC e região. Durante as buscas foram apreendidos cerca de R$ 500 mil em mercadorias ilegais, tais como dispositivos eletrônicos, essências e acessórios.

Na ação conjunta de hoje, cerca de dezesseis servidores da Receita Federal e trinta policiais federais cumprem sete mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, na cidade de Joinville.

A partir de levantamento realizado pelo setor de inteligência da Receita Federal, detectou-se a movimentação de cargas ilegais de cigarros eletrônicos na região de Joinville. As informações foram levadas à Polícia Federal, que instaurou um inquérito policial e apurou que os investigados, agindo em desacordo com a norma, mantinham, de forma oculta, pontos de venda de cigarros eletrônicos em lojas físicas no município de Joinville/SC, além de comercializá-los pela internet, por meio de sites e perfis mantidos em redes sociais.

Por resolução da ANVISA, a importação, comercialização e propaganda de todos os tipos de dispositivos eletrônicos para fumar são proibidas no Brasil.

Os investigados responderão pelos crimes de contrabando e associação criminosa, cujas penas máximas somadas podem chegar a 8 anos de reclusão.

Aduana

Atuação dos Analistas-Tributários

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana formam a linha de frente na rotina de combate ao contrabando, descaminho, evasão de divisas, tráfico internacional de drogas e armas e outros crimes transfronteiriços nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Mais notícias
  • há 4 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na apreensão de cocaína no Aeroporto Internacional de Brasília/DF

Leia mais

  • há 4 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na retenção de R$450 mil em mercadorias irregulares no Paraná

Leia mais

  • há 4 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na retenção de cigarros eletrônicos ilegais em Caçador/SC

Leia mais