Droga estava escondida no motor de contêiner refrigerado

Na tarde desta sexta-feira, 20 de outubro, Analistas-Tributários atuaram na apreensão de 16 kg de cocaína, no Porto de Paranaguá, litoral paranaense. A droga estava alojada no motor refrigerado de um contêiner carregado com frango congelado que tinha como destino a África do Sul.

A droga foi detectada após passar pela verificação no scanner da Receita Federal. Com a apreensão de hoje já são 1.760 kg de cocaína apreendidos, por servidores da Receita Federal, em 19 apreensões realizadas neste ano no porto paranaense.

Sem_título.png

A cocaína foi inserida no contêiner sem o conhecimento do exportador. Em um dos tabletes de cocaína, a Receita Federal detectou um localizador. O dispositivo é utilizado pelos traficantes no porto de destino para localizar, com o uso de um aparelho celular, o contêiner contaminado com a droga no porto de destino.

Sem_título2.png

A retirada da droga foi acompanhada pela Polícia Federal, que recebeu os tabletes de cocaína e as informações apuradas para dar prosseguimento a eventuais investigações para identificar os responsáveis pela operação criminosa.

Captura_de_tela_2023-10-21_114826.png

Atuação dos Analistas-Tributários

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana formam a linha de frente na rotina de combate ao contrabando, descaminho, evasão de divisas, tráfico internacional de drogas e armas e outros crimes transfronteiriços nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Mais notícias
  • há 3 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na apreensão de cocaína no Aeroporto Internacional de Brasília/DF

Leia mais

  • há 3 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na retenção de R$450 mil em mercadorias irregulares no Paraná

Leia mais

  • há 3 meses

Aduana: Analistas-Tributários atuam na retenção de cigarros eletrônicos ilegais em Caçador/SC

Leia mais