10, Mai | 2023  

Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuam na retenção de mercadorias irregulares avaliadas em R$300 mil

Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuaram na manhã de ontem (09), em operação de combate ao contrabando e descaminho que resultou na retenção de mercadorias irregulares no centro logístico de distribuição de comércio eletrônico localizado em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A identificação dos produtos passou pela análise da respectiva documentação, feita através do confronto entre as notas fiscais de compra do vendedor (aquisição de produtos para venda) e suas notas fiscais de venda (vendas efetivamente realizadas) com base em pesquisas de inteligência realizada por servidores da Receita Federal do Brasil.

Ao final, foram retidos 66 volumes, em sua maioria eletrônicos de alto valor (tablets, notebooks, smartphones, fones de ouvido e outros) e bebidas no valor estimado de R$ 300 mil.

RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 1
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 2
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 3
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 4
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 5
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 6
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 7
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 8
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 9
RETENÇÃO DE MERCADORIAS EM RIBEIRÃO PRETO SP 09 05 10

As mercadorias foram separadas e encaminhadas para o depósito de mercadorias retidas em Araraquara, onde sofrerão o devido processo legal para sua destinação. Importante registrar que a comercialização irregular de mercadorias estrangeiras, além de poder configurar o crime de contrabando e/ou descaminho, prejudica a sociedade através da sonegação de impostos e também os empresários que importam e comercializam regularmente estas mercadorias. *Com informações da Receita Federal do Brasil 



Atuação dos Analistas-Tributários


Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana são a linha de frente que mantêm a rotina de combater o contrabando, o descaminho, a evasão de divisas, o tráfico internacional de drogas e armas e os outros crimes transfronteiriços nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Mais notícias
  • há 2 semanas

Aduana: Analistas-Tributários atuam na retenção de mercadorias contrabandeadas na fronteira do Brasil com a Argentina

Leia mais

  • há 2 semanas

Aduana: Analistas-Tributários da Receita Federal atuam na apreensão de cocaína em Confins/MG

Leia mais

  • há 2 semanas

Aduana: Analistas-Tributários da Receita Federal atuam em operação que resultou na desarticulação de esquema bilionário

Leia mais