Analistas-Tributários do Serviço de Vigilância e Repressão ao Combate ao Contrabando e Descaminho da Alfândega do Porto de Manaus (SEREP) atuaram na apreensão de 30 kg de skunk na madrugada desta quinta-feira, dia 21, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus/AM.

Durante fiscalização de rotina, a equipe da Receita Federal identificou, com ajuda da equipe K9 (cães de faro) e a utilização do equipamento de escâner, diversas bagagens suspeitas. Após os procedimentos de verificação foi constatada a presença da droga. Destaque para o cão de faro Deco, que identificou os entorpecentes.

Os passageiros, que tinham como destinos as cidades de Belém/PA, Confins/MG e Rio de Janeiro/RJ, foram retirados dos voos e encaminhados à Polícia Federal. Três pessoas foram presas e uma menor apreendida. (Com informações da Assessoria de comunicação da Alfândega do Porto de Manaus)

 

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.