A Receita Federal, com atuação de Analistas-Tributários, na manhã de hoje (8), realizou ação conjunta com a Prefeitura de São Paulo que resultou na retenção mais de 15 mil pares de calçados falsificados no shopping popular do Brás na região central do estado.

A operação, intitulada “Pseudopoles 4”, em referência ao termo grego que significa pés falsos, teve o objetivo de inibir a comercialização das mercadorias de origem ilícita. Segundo a Receita Federal, os itens retidos são avaliados em até R$ 2,5 milhões. Além da perda das mercadorias, os responsáveis podem responder pelo crime de contrabando.

 

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.