No último sábado, dia 11 de julho, o Grupo de Repressão (Grep) da Alfândega de Viracopos, com a atuação de Analistas-Tributários, participou de operação de repressão ao contrabando e descaminho em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo na Rodovia Castelo Branco (SP280).

Na ocasião, foram abordados, no km 74 da rodovia, dois ônibus de linhas interestaduais regulares. No interior dos bagageiros dos ônibus, foram encontrados oito “big bags” contendo mercadorias importadas sem comprovação da regular importação.

Foi necessário o auxílio de dois guinchos da concessionária responsável pela rodovia para remoção dos volumes, que pertenciam a cinco passageiros.

A carga era composta por mais de 40 mil caixas de essência para Narguilé, 21 celulares,  2.100 frontais e 250 baterias para celulares, 3.900 relógios e 1.200 óculos, além de fardos de vestuário, avaliados em aproximadamente R$ 500 mil.

Além disso, foram retidos três volumes de encomendas para comprovação da regular importação. O peso total das mercadorias retidas foi de aproximadamente quatro toneladas. Serão instaurados processos administrativos para aplicação da pena de perdimento das mercadorias.

Os cinco passageiros foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia da Polícia Federal em Sorocaba/SP.

A atuação da Receita Federal na repressão ao contrabando e ao descaminho visa primordialmente à proteção da sociedade, tanto no aspecto relacionado à manutenção dos empregos gerados pela indústria nacional quanto à proteção da saúde e da vida das pessoas, além de coibir o enriquecimento das organizações criminosas. (Com informações da Receita Federal do Brasil).

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.

#sindireceita #analistatributário #receitafederal #Aduana #Apreensão #Fronteira